Blog do Rick

Menu

COMPRAR CERA NATURAL Depilação a laser: os pelos podem voltar a crescer em que casos?

Dizer que a depilação a laser é definitiva é mito. Os pelos voltam a crescer mesmo que em quantidades muito menores que antes. Entenda porque isso acontece e em que casos o resultado pode ser perdido.

Por que os pelos podem voltar depois da depilação a laser?

Existem células que são capazes de se transformar em qualquer tecido corporal, são chamadas de células totipotentes. Elas podem, inclusive, produzir um novo pelo. Adepilação a laser não afeta esses elementos, o que torna possível que uma parcela dos pelos volte a nascer, mas apenas uma minoria deles costuma regredir.

A energia do laser é atraída pela melanina do pelo.

Além do retorno natural dos pelos, alguns fatores podem fazer que haja um crescimento inesperado, em quantidades maiores.

Resultado da depilação a laser: fatores que fazem os pelos crescerem de novo 

Características do pelo 

O laser para depilação é atraído pela melanina do pelo, o que faz com que ele tenha uma melhor ação em pessoas que tem pelos pretos e grossos.

“Pessoas com pelos finos e claros além de não obterem um bom resultado com a aplicação, correm o risco de desenvolver uma complicação conhecida como hipertricose paradoxal”, explica a dermatologista Juliana Jordão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Em casos como esse, surgem novos pelos ao redor da área depilada. Eles são muito resistentes ao tratamento e podem permanecer de forma definitiva. A causa não é totalmente esclarecida, mas existe a hipótese científica de que o espalhamento da energia térmica para as áreas próximas à área depilada estimule os folículos pilosos.

Alterações hormonais 

A dermatologista Juliana explica que situações de mudança hormonal podem causar volta de parte dos pelos eliminados durante as sessões.

Isso acontece porque o crescimento e as características dos pelos estão intimamente relacionados aos hormônios sexuais.  Alguns exemplos de alterações hormonais que causam a volta dos pelos:

– Interrupção do uso de anticoncepcionais;

– Gravidez;

O rosto é uma das áreas do corpo que mais sente os efeitos hormonais.

– Menopausa;

– Alterações hormonais que influenciam diretamente no crescimento dos pelos, como a síndrome do ovário policístico.

“Isto ocorre com maior frequência em pessoa com predisposição genética a desenvolvimento de pelos na face ou ainda com distúrbios hormonais não tratados”, explica a especialista.

Depilação a laser no rosto 

O rosto é especialmente sensível à ação dos hormônios sexuais e, por isso, os efeitos da depilação a laser são perdidos mais facilmente nessa área. Antes de usar o método depilatório, converse com seu médico dermatologista sobre planos de engravidar, pílula anticoncepcional e qualquer alteração da saúde ginecológica. Além disso, ele fará uma análise dos seus pelos e pele que identificará se haverá uma resposta positiva ao tratamento.

Fonte: bolsademulher.com

Conheça nossas Ceras Naturais e economize até 80%: Clique e conheça nossa loja e Ceras.

Postagens Relacionadas

Categorias:   Cosméticos, Depilação

Deixe sua opinião

Seja o primeiro a comentar!